Jovens Senhores

Eles são intempestivos, imaturos, afobados, delirantes, entre mais um bocado de coisas nessa linha aí e fora dela também. Quando menos se espera, lá estão eles ou sorrindo com aquela carinha de extrema felicidade ou estão enfezadinhos8f59f031e61485945e9bde6aa249a8a4

Não adianta um militante da causa vir cheio de mimimi em relação a minha opinião. Salvo que … (pense o que quiser). Estou escrevendo justamente por ser mais velha. Depois dos 30 as coisas mudam e muito. As mulheres de hoje tem uma dificuldade maior de encontrar o homem ideal, pois estão mais independentes, estáveis e exigentes. Entenda!

salto-copy_large

“Ah mas e a mulher?! ela também, quando nova tem seus quilos de defeitos… mimimi… blá blá blá”.

Tudo tem que ser como e quando eles querem, ainda não aprenderam algumas coisas da vida, como por exemplo a paciência, a compreensão, a empatia, o senso de ridículo, a ser financeiramente independente, a ter um “local”, a ter um conteúdo dialogável, a se dedicar ao “pré-evento”.

cagar

O carinha novo não consegue, nem se ele quisesse, uma simples e básica estabilidade emocional, se namoram, namoram de uma forma test drive casamento, se apaixonam facilmente e se entregam, isso eu não sei dizer se é um ponto negativo ou positivo, sinceramente.

Simplesmente eles passam a viver a vida do “Amor da vida deles”. Em resumo: Não existe aquela linha que divide: Vida Dela vs Vida Dele.

f1dd01259ec75d20a67bab6cd44461f3
Ahhhhh… e se não dão muita bola, é porque tem um motivo obscuro, motivo esse que faz eles serem os seres mais abusados desse planeta… Por saber que muitas Jovens Senhoras estão à procura do frescor que os “novinhos” podem oferecer.

Exemplo: Se achar a pica das galáxias. O que causa certo desconforto, principalmente em público.

Sabe o que eu penso numa dessas? Sabe de nada menininho. A vida se encarregará de mostrar algumas coisas.

minhaFoto

Poucos são menos esnobes, mas quando não o são se tornam um pesadelo e o fim não é nada previsível, penso que a quantidade exagerada de hormônios estão fazendo a festa, só pode. Aprontam uma gritaria, seja onde for. Xingam à revelia mostrando toda a masculinidade que “tem”.

Até respeito várias das minhas amigas, quando me dizem que é tudo lindo e que estou tentando espalhar o amargor que um dia já foi espalhado pela própria vida… Porque há sim os benefícios de se namorar um “Novinho” (só que nenhum deles me convence), eles são divertidos, estar com eles nos faz lembrar dos nossos 20 anos (Freud explica), a espontaneidade, o desprendimento, a disposição (me entenderam).img-203 Elogiar, beijar, se declarar, tudo isto que fazíamos aos 20 e que parece tão mais difícil se permitir aos 30 porque colocamos a razão acima do coração. Acho que por isso os homens mais novos são mais entregues, elogiam tanto, não tem medo de se jogar de cabeça, porque pra eles a vida é mais simples (bem mais simples), não tem ex-mulher, casamento fracassado, infinitas contas pra pagar e não se contaminaram com a amargura.
fe244182d0647087bb216d25da9c8d68

 

 

Pequeno Manual de Sobrevivência Pré Namoro

Semanas de conversas oriundas de uma dessas redes, já mencionadas inúmeras vezes nesse blog.

O encontro deu mais que certo, rolou um “whats” logo na manhã seguinte com um lindo: “Bom dia!! Adorei ontem… Quero repetir… Bjos.

E isso foi-se prolongando e prolongando, semanas se passaram e cara já dormiu na sua casa, não só uma mas várias e você na dele e aquele peteco todo… Já se dizem exclusivos e tals. minhaFoto (3)

Vishi! Apareceu uma escova de dentes.minhaFoto (1)

 

Um adendo por favor. Tenho uma teoria sobre a escova de dentes, objeto que me faz pensar sempre. Um objeto tão pequeno em sua forma física, mas… ela chega a ser até mais significativa que uma aliança ou apresentações familiares, cuidado com a escova… ela é perigosa.

Aí chegamos num momento que ainda não rotularam a relação, mas ela beira o namoro.

Então a melhor forma é discutir alguns pontos bem importantes, tal qual a porra da escova de dentes.

  • O homem tem que avisar seu paradeiro sempre que fugir da rotina casa/trabalho – trabalho/casa. É bastante válida essa “satisfação”. Simplesmente porque é. Caso não ocorra, não haverá nenhuma peia.
  • A mulher tem que avisar seu paradeiro sempre que sair com as amigas, pelo simples, único e exclusivamente fato de que ocorra algum problema mecânico. Apenas e nada mais.minhaFoto (4)
  • O homem tem a obrigação de cuidar da saúde da mulher (principalmente das dores de cabeça) para que possa usufruir de boa companhia ao dormir e gerar a prole. Essa prole não significa filhos de fato, significa até mesmo o peixinho beta que comprou para ela ou que você homem está querendo ganhar dela, ou uma iguana, ou seja, fornicação. Cara, monte um belo estoque de Dorflex e seja feliz.
  • Se ela for tomar um banho e não te convidar, e você ouvir ela ouvindo “Simon And Garfunkel”, não se preocupe, não é nenhum traço de tristeza, é apenas algo que ela gosta de fazer. E não comente, a não ser que ela comente primeiro.
  • Se quer sexo logo que chegar do trabalho… Cara, ajude… Tomem um banhozinho juntos “inocente” … vai massageando as costas e ao enxugar… uma massagem nos pés, que são maravilhosas, além de descansar lembre-se sempre que nos pés há pontos “mágicos”.a4dc566bce9414124c135bf619e6e819
  • Se o homem tem o direito de cultivar uma bela pança de chopp, a mulher também o tem. Essa eu não falo nada, porque quem me conhece sabe muito bem que tenho problemas com esse assunto. Moral da história, se você não cuida do seu corpo, não queira que ele cuide do seu. E se for o contrário, e for um daqueles viciados em academias, entenda que todo ser humano tem o direito de optar pelo sedentarismo.
  • A mulher tem o direito a assistir suas 7 séries que ela acompanha freneticamente. O homem não pode interromper a não ser para um sexo oral nos intervalos, obrigada.minhaFoto (2) (Principalmente depois de Game Of Thrones, porque rola sexo demais e nos deixa levemente animadas. Isso não vale para séries tipo Fringe, que mal rola um beijinho ou Greys Anatomy que faz a gente chorar litros) Observe primeiro pra não errar.
  • O homem tem direito a jogar videogame (que ele já deve ter levado para sua casa, com a desculpa que sua TV é melhor ou que a dele esteja queimada, resumo, ele levou. Supere.) Não é prudente a interrupção desta atividade, isso pode acarretar numa peia meia boca, porque ele estará “griladinho”. Sugestão para a menina:images Aprenda a jogar (apesar deles não terem paciência pra ensinar nada nessa vida) ou vá se depilar, lixar as unhas, aguar as plantas que estão sedentas por água, sei lá, faça algo que ele não precisa ver. Agora se você tiver empolgadinha, cai de boca que ele para, certeza!
  • A mulher tem o direito de reunir suas amigas uma vez por semana, ou quantas vezes quiser, já que a casa é dela. Se o “Fulano” optar por permanecer, faça algo de útil, como encher as forminhas de gelo, vá jogar a porra do vídeo game que está lá bonitinho te aguardando. Em hipótese alguma se meta na conversa. Caso for na casa do “Fulano” não o faça. Porque é feio e mamãe ensinou que convidado não convida ninguém.
  • Para ambos: tente ser uma boa companhia para dormir. Se ronca, avise. Se for daqueles que ocuparia duas camas Queens, avise. Avise, avise e avise qualquer anomalia que possa ter. Por favor.
  • Você homem, que é másculo, viril… blá blá blá, sempre que ver algo que possa fazer para ajudá-la na arrumação da casa, faça! Nada de mimimi, se quiser comer algo tipo comida caseira (arroz, feijão, bife) e perceber que ela tá praticamente em coma na cama… minhaFotoNão reclame, vá lá e faça. Se observar que a torneira está vazando, conserte-a. Faça algo por ela. Isso não significa que quando a linda mocinha for na casa do cidadão ela tenha que lavar dois meses de roupa suja, no máximo coloca-las na máquina.
  • E por fim, nada de beijos ao acordar, todos nós sabemos que ninguém acorda com os melhor dos odores, não quebra climinha nenhum se levantar e ir usar a porra da escova de dentes que você deixou na casa do (a) amado (a). Mas caso queira muito aproveitar imediatamente “a matinal” nada que de ladinho ou por cima não resolva.1562a3f89309e0e2e106ee99acfe1b6b

A ridícula santidade feminina

Dar ou não dar no primeiro encontro?

Esse questionamento ecoa na minha cabeça insistentemente, um porque eu não entendo mesmo o motivo disso me incomodar tanto, outro porque há essa “santidade feminina” pairando no ar.. como a campanha “eu escolhi esperar”. tumblr_l7ne2hNV7C1qbnm0to1_500_large

Pessoas que eu sei que vadiam mais que a própria vadiagem, pregando essa de não dar no primeiro, nem nos próximos encontros…

Aí uma conhecida sai com um cara Dárbaro algumas cinco vezes e não dá… Pensando que assim poderá brotar dali um relacionamento mais sério. A mesma criatura prega o lema de pagar tudo que consome, nível rachar o motel. Coerência manda um abraço.  Na boa, melhor você pagar integralmente o motel do que rachar… é muita humilhação…

                            1950-data

Não acho machismo de jeito nenhum o cara pagar a conta, é gentileza, ou às vezes uma questão cultural. Daí a criatura diz que se deixar ele pagar ela será “mercadoria” dele, putz… decerto baixou o app do Cielo no seu smartfone com capinha da Channel, tenha dó!

E se a oportunidade de dar só for essa?! E outra oportunidade só acontecer no próximo ano bissexto? E se eu der e ele me rotular com “essa não dá pra namorar”? São tantos questionamentos. 

Acho que em vez de olhar pelo lado de “essa não dá pra namorar”, acho que os homens deveriam olhar sob outra perspectiva…

 

Se a mulher deu no primeiro encontro, é porque ela se sentiu à vontade o bastante pra fazer isso, ou já saiu com essa intenção na cabeça, vai saber…  Porque, meu filho, quando a mulher não quer, não há santo que ajude… Aí reclama que a fulana se fez de fresca, que é sensível demais. Então, vocês deveriam pensar que, se teve uma química boa e se os dois se sentiram à vontade, por que não?

E eu me pergunto: Qual o melhor rótulo nesses casos?

A sensível (não deu) ou A que não dá pra namorar (deu horrores).

Prefiro não servir pra namorar e melhorar a minha pele.

minhaFoto (1)

E falando em humilhação, uns com tanto e outros com tão pouco (leia-se eu) … sem mais.  encontro 3

O dia em que fui ” passiá”

Era um cara que não me interessava muito, mas eu não tava fazendo nada no dia pro qual ele me convidou. Achei que não era de todo ruim sair, tomar umas cervejas, conversar baboseiras e ficar por isso mesmo. Afinal, sair fora de olhares sensualizantes de homens desinteressantes é uma matéria na qual sou expert.

minhaFoto(35)

Pois é, mas não era isso que o dito cujo tinha em mente…
Marcou e apareceu no horário certinho, quase britânico. Eu entrei no carro e já foi aquele choque: eu não me lembrara dele ser tão … “comum”. Homem médio em tudo, básico, desses que você vê andando pelas ruas da cidade. Mas ok, o plano era só beber umas e conversar, embora com certeza eu soubesse que o assunto não ia ser aquilo tudo.

minhaFoto(36)

Sorrisinho sem graça dado por mim foi confundido com timidez: tá valendo. Ouço a frase que retumbou por semanas na minha mente: Boa noite. Vamos “passiá” hoje!
Eu: Como assim?
Ele: É…vamos passear, vou levar você pra dar uma volta de carro.
Meu pensamento: Esse fedapoutah quer economizar? VSF!

minhaFoto(39)

Ai os meus sorrisos ficaram mais amarelinhos que já estavam. E entra rua e sai rua, e dá a volta no parque e sai. Resolveu parar sem nem discutir o fato comigo. EU apenas desci, com meu salto naquela terra molhada… grudando tudo no salto que ia até o talo na terra. Eu amaldiçoava até a quinta geração dele, por dentro, e ainda pensava: Não deve ficar só nisso, ele deve parar em algum lugar, vai querer ficar mais um tempo na minha companhia. Infelizmente.

minhaFoto(38)

A vontade era sair correndo, ou inventar dores de cabeça lancinantes ou começar a chorar lembrando de um ex inventado. Mas apenas sorria. Amareladamente. Mas sorria. E ele encantado dizia: você é tão bonita, sua boca dá vontade de beijar… Gizuis, eu tinha que fazer algo, dar voltas passiando naquele parque não tava definitivamente em nenhum dos meus planos, nem nos mais pessimistas, com relação a um encontro, ainda que não rolasse nem selinho. Da minha parte não havia vontade alguma. Resolvi dizer que estava com dores, cansada do dia de trabalho e que ainda não me sentia preparada para estar com nenhum homem desde o último relacionamento, cujo término havia sido complicado. Rs. Ele se entristeceu e resolveu me chamar para irmos embora. E eu dentro do carro pensava: Calma gata, falta pouco. Quando ele te deixar em casa, tudo voltará à sua normalidade. No entanto eu via as voltas que estava novamente dando pela cidade…

casal-carro_anna_wolf

Em determinado ponto deste passeio infeliz, ele para o carro num local ermo de iluminação parca: Preciso te beijar. Sorriso amarelo e uma ruguinha de preocupação começava a se delinear na minha testa.
Ele: Já que você não quer nada sério, porque ainda não se sente preparada a gente podia transar fazer amorzim.
Eu: OOOOOOOIIIIII????
É… a gente poderia, retrucou ele, abrindo desde já o zíper da calça.
Momento de tensão, eu num acesso de desespero comecei a chorar. Não saia nenhuma lágrima, mas chorava… como nunca dantes havia chorado. Não tão falsamente.

minhaFoto(33)

Ele parou e envergonhado pediu desculpa. Me consolou num abraço e disse: Vou te levar pra casa. Eu quase pus tudo a perder numa gargalhada meio esganada que surgiu em meio às lamúrias que eu estava me propondo a fazer. Recobrei a consciência a tempo, fiquei quietinha e logo estava na porta de casa. A vontade era de descer e xingar de tudo, ou rir da cara dele e mandar ele TNC. Mas eu desci, meio durinha, como quando se passa uma vergonha grande. Abrindo o portão ainda ouço: “Ah morena, quando eu receber o pagode, te convido pra um passeio de novo. E completo dessa vez!”

minhaFoto(40)

Acho que pude ouvir alguma risada no ar proveniente do caipiroto.

O que dizer durante o “fight”

Pronto! Você escolheu a roupa adequada, o perfume certo, seu cabelo está lindo e seu encontro foi incrível com aquela pessoa mega interessante e linda. Vocês optaram por #partiumotel e na hora que estão em suas underwear você pensa:

– E agora, o que eu falo?
Pois é pessoas, o que dizer durante o ato sexual, o coito, a fornicada, o secsu, o vuco-vuco, a peia, o fuck…? Ninguém sabe muito bem o que dizer, exceto se vc tem um fetiche muito específico quanto a isso.

CASAL 5

A regra geral é: Siga o mestre. Se o homem é o dominante do sexo todo, será muito bom a parceira falar ou emitir sons tais quais os dele. E vice-versa. Para casais homoafetivos, o interessante é que funciona da mesma maneira: o ativo ou ativa dão o tom da brincadeira. E você sempre tem umas saída se o parceiro começa a te dizer algo que você não curte, ou gemer alto demais num lugar que não pode… Basta lascar-lhe um beijão e tudo fica certo!

minhaFoto(27)

Pode parecer machista mas o fato é que se você não se sente a vontade quanto aos sons que você deve ou não emitir, o mais interessante é seguir a regra geral. Se já tem mais prática e autoconfiança, siga seu instinto e criatividade. Segue abaixo umas pequena descrição das situações comuns de “oralidade” durante uma peia.

DOMINANDO

* Para quem curte música: Evite usar músicas de relaxamento, tipo Enya, cantos gregorianos ou monges do Tibet entoando mantras. Evite também músicas muito opostas ao estilo pessoal do parceiro. Por exemplo, se seu parceiro é roqueirinho, não vale a pena você investir numa coletânea completa da Banda Calypso ou do Mr. Catra.

catra

*Pra quem curte gemidos, sons guturais e vocalizações: Aposte nos sons que induzam ao excitamento, evite pronunciar algo como “Ai”, ou “Ouôoooooooooh”… Mas abuse daquele sonzinho tipo assopro de sopinha quente ou “Hãaaaaaaannn”. Sempre são bem vindos.

CASAL 7

* Pessoas silenciosas não costumam fazer muito sucesso. Exceto se estão transando na casa dos pais da garota e eles estão no quarto ao lado, ou fornicando num banheiro durante o churrasco da empresa ou dentro do carro numa rua extremamente silenciosa. E é de bom tom avisar ou por sons ou com palavras ou gestos o momento do ápice do prazer. Ninguém gosta de ser pego desprevenido numa hora dessas.

CASAL 3

Agora siga ou seja o mestre!

Itens dispensáveis para se utilizar durante a peia

E ai você garotão malhado pega uma regatinha legal, uma bermuda e tênis e um boné, chama a gata pra tomar alguma coisa e se conhecerem melhor. A coisa flui maravilhosamente bem, rola uma química legal embora a menina sempre tem que desviar da aba do boné enquanto se beijam. Desvia do olho, da testa e do nariz, simplesmente porque você não quis tirá-lo. Mas tudo bem, você é bonitinho e ela resolve aceitar o convite pra um lugar mais calmo…
minhaFoto(16)
Chegando lá a coisa esquenta ainda mais, e você fica totalmente desnudo… exceto pelo boné! Sim, pelado de boné… De tanto levar bonezada no olho a menina fica levemente desconcertada e você se toca… Não, você não retira esse item desajeitado para o momento. Você apenas vira a aba pra trás e a gata se sente transando com um traficante da boca de fumo mais próxima, mas tudo bem. Você não se incomoda, a aba do boné já não está no olho dela e tudo pode rolar normalmente, certo? Não. Errado de novo…
minhaFoto(18)
Porque os homens não retiram acessórios para um fuck? Pra que permanecer de corrente no pescoço, sendo que a cada bombada a menina precisa cuspir o pingente pra não engolir? Porque você não pode tirar as meias enquanto ela está tendo todo o cuidado pra tirar os aneis pra queimar uma pra você?
minhaFoto(17)
Sim, as mulheres retiram os itens e acessórios. Tiramos bijoux em geral, nunca transaríamos de meia e jamais de boné!
Numa peia curtimos a liberdade de movimentos, não é? E estar sem esses itens significa que você deu importância pro momento, cara! Com esses itens totalmente dispensáveis para a peia, além de serem incômodos, pensamos que o seu grau de comprometimento está baixo! E você não quer isso… Ou quer?

Yes, underwear!

Em que um homem está pensando quando pergunta de itens do vestuário? Hum? Vc sabe?

Pois é amiga, um cara te adiciona no zapzap (agora virou modinha esse verbete ou é mais fácil escrever do que o original?), e começa a perguntar como você está vestida, como está seu cabelo e diz que é só pra saber se você está bonita. Não! Não caia nessa balela. Não estou dizendo que você deva cortar o cara, mandar ele TNC… Não… Calma!
Se você é das moças sapecas que curtem assuntos temáticos de troca de fluidos corporais, você deve dar corda… Estou apenas abrindo os olhos das mais inocentes e ingênuas, pois os rapazes são ardilosos danados! hehehe
Ai você dá aquela idéia, e tals… Ele logo vai perguntar: e como você está vestida “por baixo”. Entenda, ele quer saber SIM sobre sua roupa de baixo,
underwear, roupas íntimas, lingerie. Pense bem no que vai responder. Essas são as frases e expressões frequentes que passam na cabeça do carinha quando você responde cada uma delas:
minhaFoto(14)
Calcinha branca: “Hum, hoje está ‘calminha’…”
Calcinha preta: “Nossa, que delícia”
Calcinha vermelha: ” Ela quer me dar”
Calcinha estampada de oncinha, cobra e afins: ” Ela é uma menina safadinha que quer me dar gostoso”
minhaFoto(15)
Se você citar que é de renda, acresça às frases aquele chiado característico nível taradão.

Se resolver optar pelo festejado e aclamado, o brasileiríssimo “fio-dental”, saiba que você deu o primeiro tiro de hormônios naquele corpo másculo, ele vai te querer a qualquer custo, pois na mente sapeca deste macho alfa o fio-dental se personifica e diz: “Pode ir quente, que ela está fervendo”
calcinha peb
Se você der uma de Pollyanna* e declarar que usa calcinha de cor amarela, azul, verde, de bolinhas, xadrez, etc, o cara já brochou por duas gerações, mas talvez ainda queira te ver.

Se você quiser dar uma de “realista” e declarar uma calçola nude, com certeza ele estará te bloqueando em 3,2,1…

*Pollyanna: é uma personagem do livro de mesmo nome, que é, com certeza, o mais lido na adolescência. Sempre contente, via o lado bom em todas as situações, sem maldade.

Como afugentar alguém ou não da internê

cbd06b72c5ec637e49eef886a1f2710c

Alguns meninos e meninas que usam a internê e os App’s para se darem bem na vidinha sexual não suportam alguns episódios, pois querem relacionamentos meteóricos. Nada que dure mais que algumas horas!

Entenda: essas pessoas não querem se casar e ter filhos e nem conhecerem a sua mãe, supere isso!

Então, se está conversando com alguém, achou interessante, ou simplesmente não! E gostaria que automagicamente esse serzinho desaparecesse da sua tela?!? Bloqueie. Simples assim.  (Todos os App’s permitem bloqueio)

Primeiro, entenda o que essas peoples querem:

  1. Alguém para fornicar.
  2. Algum lugar para fornicar.
  3. Fornicar.

E nada mais.

Segundo, entenda o que elas NÃO querem…

  1. Que seja carente:

“o que está fazendo?”; “sumiu?”; ”pq q não fala comigo?”.

  1. Que seja insistente:

“vamos nos ver?”; “então, vamos nos ver amanhã?”; “e depois de amanhã?”; “manda uma foto?”; “Só uma foooooteeeenha!!!” ;

  1. Que seja dramático:

“Vc não quer falar comigo.”; “Tá com raivinha?”; “Sumiu de mim”; “pensou em mim?”

  1. Que demonstre interesse exagerado:

“Q dia vamos nos ver?”; “Noooosssaaa!!! Gostei muito de vc”;”tá solteiro mesmo”

  1. Que fique doente:

“Peguei uma gripe”; “Tava no médico”, “Tô de cama”.

 Após essa pequena pincelada, use a seu favor…

Redes sociais para relacionamentos: um guia rápido para marinheiros de primeira viagem

Arrumar um relacionamento, namoro, sexo casual, tico-tico no fubá, amizade colorida ou casamento tem sido um desafio nesses dias em que há pouca vontade, muito ego e nenhuma tolerância. As redes sociais vem de encontro a essa necessidade do cerumano em se comunicar, conversar, conviver e satisfazer suas necessidades físicas e psicológicas que dependem de outro para serem satisfeitas.

Vou me ater a três redes sociais de encontro, pois são gratuitos, valem a pena ser mencionados pela popularidade e pelo alcance, além de fáceis de usar, visual mais moderno e o melhor: sua versões virtuais são óooootemas.

amigos pb

POF

pof

Conhecido nos EUA como Plenty of Fish, é super legal o seu app! Acho moderninho, rápido e te atualiza com bastante agilidade das mensagens que vc recebe. Tem espécimes do sexo masculino até bons, tive boas experiências com alguns encontros, mas a maioria é de um público de menos poder aquisitivo, geralmente menos providos de beleza (não quero dizer que uma coisa tem a ver com outra, ok?) e com gostos mais estranhos, porém se pesquisar bem, poderá achar algum gatinho solitário (ou nem tanto… heheheh) pra te encher os olhos. Imagino que o plantel feminino funcione do mesmo jeito. Se baseia em analisar perfis, fazer buscas por palavras chaves ou restringir a visualização de sua página a pessoas que você escolher.

Badoo

badoo

Uma opção mais caliente e mais agradável em termos de beleza dos seus cadastrados. Oferece opções como votar nas melhores fotos, bate-papo entre participantes (até é oferecida a opção de bate-papo com múltiplos cadastrados) e você pode colocar quantas fotos quiser em seu perfil. Conhecida rede social para marcar encontros mais casuais e para relacionamentos menos compromissados, mas em compensação é a rede mais socialmente aceita, a que as pessoas menos tem vergonha de dizer que tem… A maioria das pessoas que conheço (pessoalmente) tem perfis nesse app.

Tinder

tinder

O rei dos apps de encontro. O último grito da moda, a explosão do momento. Participantes bonitos, profile restrito a seis fotos no máximo, com o plus de você só “ganhar” o direito de falar com alguém se ele der um coraçãozinho na sua foto e se você também o fizer, o que diminui a possibilidade de encontrar algum maluco ou carrapato que irá te infernizar por longos periodos de tempo. Você precisa entrar com seu login do facebook para utilizá-lo, mas fique calmo: nada será publicado sobre o app e seus likes ou unlikes na sua timeline. Nem mesmo a logo do aplicativo ficará no seu perfil facebookiano. Não possui versão para ser utilizada no computador.

Bom pessoinhas, agora que dei uma breve explanação sobre as redes de encontros mais famosas do cyberespaço, está na hora de criar um perfil seu, não? Porque não vale dizer depois que está solteira, que ninguém quer, que está encalhada, que está jogada pra cobras… Tem que ir à luta… hehehehe

PS: Todos esses apps possuem a opção de orientação sexual ou escolher ambos os sexos, o que significa que não há motivo para ninguém ficar de fora!