Jovens Senhores

Eles são intempestivos, imaturos, afobados, delirantes, entre mais um bocado de coisas nessa linha aí e fora dela também. Quando menos se espera, lá estão eles ou sorrindo com aquela carinha de extrema felicidade ou estão enfezadinhos8f59f031e61485945e9bde6aa249a8a4

Não adianta um militante da causa vir cheio de mimimi em relação a minha opinião. Salvo que … (pense o que quiser). Estou escrevendo justamente por ser mais velha. Depois dos 30 as coisas mudam e muito. As mulheres de hoje tem uma dificuldade maior de encontrar o homem ideal, pois estão mais independentes, estáveis e exigentes. Entenda!

salto-copy_large

“Ah mas e a mulher?! ela também, quando nova tem seus quilos de defeitos… mimimi… blá blá blá”.

Tudo tem que ser como e quando eles querem, ainda não aprenderam algumas coisas da vida, como por exemplo a paciência, a compreensão, a empatia, o senso de ridículo, a ser financeiramente independente, a ter um “local”, a ter um conteúdo dialogável, a se dedicar ao “pré-evento”.

cagar

O carinha novo não consegue, nem se ele quisesse, uma simples e básica estabilidade emocional, se namoram, namoram de uma forma test drive casamento, se apaixonam facilmente e se entregam, isso eu não sei dizer se é um ponto negativo ou positivo, sinceramente.

Simplesmente eles passam a viver a vida do “Amor da vida deles”. Em resumo: Não existe aquela linha que divide: Vida Dela vs Vida Dele.

f1dd01259ec75d20a67bab6cd44461f3
Ahhhhh… e se não dão muita bola, é porque tem um motivo obscuro, motivo esse que faz eles serem os seres mais abusados desse planeta… Por saber que muitas Jovens Senhoras estão à procura do frescor que os “novinhos” podem oferecer.

Exemplo: Se achar a pica das galáxias. O que causa certo desconforto, principalmente em público.

Sabe o que eu penso numa dessas? Sabe de nada menininho. A vida se encarregará de mostrar algumas coisas.

minhaFoto

Poucos são menos esnobes, mas quando não o são se tornam um pesadelo e o fim não é nada previsível, penso que a quantidade exagerada de hormônios estão fazendo a festa, só pode. Aprontam uma gritaria, seja onde for. Xingam à revelia mostrando toda a masculinidade que “tem”.

Até respeito várias das minhas amigas, quando me dizem que é tudo lindo e que estou tentando espalhar o amargor que um dia já foi espalhado pela própria vida… Porque há sim os benefícios de se namorar um “Novinho” (só que nenhum deles me convence), eles são divertidos, estar com eles nos faz lembrar dos nossos 20 anos (Freud explica), a espontaneidade, o desprendimento, a disposição (me entenderam).img-203 Elogiar, beijar, se declarar, tudo isto que fazíamos aos 20 e que parece tão mais difícil se permitir aos 30 porque colocamos a razão acima do coração. Acho que por isso os homens mais novos são mais entregues, elogiam tanto, não tem medo de se jogar de cabeça, porque pra eles a vida é mais simples (bem mais simples), não tem ex-mulher, casamento fracassado, infinitas contas pra pagar e não se contaminaram com a amargura.
fe244182d0647087bb216d25da9c8d68

 

 

Desabafando

Como diz uma amiga “fui noutros mundos de raiva”, só que eu fui e por lá estou ainda.minhaFoto

Tem gente que usa o facebook pra isso, ainda bem que existe esse blog.

Quero falar hoje sobre esses filhos da puta que mentem.

Quero, primeiramente entender o motivo da mentira, porque putz… Juro que vou estudar profundamente sobre o assunto.

Estamos em que época, naquela que o cara faltava dar um braço pra VER a canela da amada?olivia2-mds

Ah vai se fuder. Cara, estamos hoje num mundo onde tudo é LIBERADO, entendem? Tudo pode… Hoje, você pode ficar com um cara, tomar um banho e sair com outro. Hoje você pode ficar com uma mulher e não ser homossexual, você pode ser Goy… minhaFoto (2)Aí vem um puritano filho da puta dizer que mulher não presta, meu bem, tenho um recado pra você, tivemos ótimos professores, vocês mesmos. Que nos trataram como umas vagabundas a vida toda e agora vem pregar de santos?

Olha, só pra constar, o combinado não sai e nunca saiu caro. Tive um relacionamento de TRÊS anos, e ainda digo que foram os melhores anos da minha vida, simplesmente porque não havia mentiras.. downloadCombinamos que ficaríamos juntos e pronto. Ele vadiava, eu quase não muito, já que não faz parte da minha essência. Mas tá, vivíamos super bem, sexo era maravilhoso, os papos, enfim, tudo era lindo… Não continuamos juntos porque ele foi embora do país.

Tá, agora vou pra razão da minha ira… Conheci um carinha, bonitinho.. tals.. mentiroso filho de uma égua… “sou estudante, tenho tempo de sobra, e seria legal ter um relacionamento”. Pronto, me ganhou porque ando procurando um relacionamento, contínuo… saca? me comeu, claro né! Eu também gosto de sexo, quem não gosta é porque é sem noção. Enfim, sabe qual foi a desculpa para não ocorrer um segundo encontro: “sou estudante, tenho pouco dinheiro, e no momento eu preciso focar nos estudos” TNC

Aí conheci um outro, dizendo também que queria namorar, que estava cansado de tanta putaria, que queria uma pessoa só pra ele, que se dedicasse à ele, que se desse ao respeito e tals… Esse eu resolvi não dar… Sugeri sair, ir num barzinho, sentar, conversar… sondei tudo que eu podia. Na manhã seguinte fui mandar um “bom dia”. Sabe o que ele me respondeu: “que não curtia mulher fresca.

Se dá acha ruim, se não dá também… Olhe bem pra essa imagem, é isso que eu tenho pra você.

tumblr_lilfdjk2LJ1qi9ea8o1_500

Como diz outra amiga, sou cara, minha maquiagem é cara, minha roupa é cara, meu sapato é caro, minha depilação é cara, meu creme pra cabelos é caro… e eu desperdiço com esses babacas???

Homens, parem de  mentir, é feio, talvez sua mãe não ensinou, mas pare de mentir. Todas as mulheres que eu conheço tem as mentes abertas… Não há a necessidade de pregar o bom moço, sendo que no final das contas… Vocês vão comer…

Depois acha ruim ter com uma péssima reputação no “Lulu”minhaFoto (1)

Caráter mandou um abraço.

 

O Urso

Existem aqueles encontros, onde quatro amigas marcam com quatro amigos, na esperança de que algo surja dali.minhaFoto (7)

Foi num desses encontros que conheci o “Urso” (vou usar esse termo, utilizando do dicionário gay, e além do mais o cara era um Ursão). Ele tinha no mínimo 1.95 de altura, moreno claro, cabelos alinhados, cheirosíssimo, educado, cavalheiro, grandão, daqueles que parece que a mãe natureza os poupou de malhar… Bati o olho e meu corpo inteiro já quis ele. Minha mente imaginava cada coisa com ele…minhaFoto (4)

Nesse encontro com quatro casais que não se conhecia era impossível, impossível mesmo uma conversa com o lindo Urso. Todos falavam ao mesmo tempo.Com o passar do tempo até desisti e comecei a curtir a noite!minhaFoto (1)

E entre risos e muita cerveja conseguimos trocar os números de telefone, bem à moda antiga, escrito num guardanapos.

No dia seguinte, eu que sou meio orgulhosa, pensei muito antes de ligar e por fim, minha necessidade corporal venceu. Liguei e marcamos de nos encontrar, ele me buscaria fim do expediente no trabalho. Achei fofa a sugestão, e toda empolgada fui utilizar o meu “Kit saída emergencial”.minhaFoto (2)

Que consistia em: Calcinha limpa e sensual e o sutien que acompanhava a calcinha, lenços umedecidos, perfume, uma make mais bonitinha, anéis, pulseiras.. Coisas que não costumamos usar em ambiente de trabalho e claro, camisinhas (várias). Gastei uma meia hora me aprontando no banheiro do trabalho.Toda hora eu olhava no relógio, e por fim, ao soar das 18hs voei pra fora do prédio como se ele tivesse em chamas, aliás, eu que estava em chamas…

E lá estava ele, todo lindo! Abriu a porta pra mim… E me perguntou em que bairro eu morava. Eu respondi, ele ligou o carro e foi dirigindo, eu estava embevecida com a beleza dele e não estava observando o caminho que ele estava percorrendo, e do nada ele me chama a atenção com um: “e agora Anjo, vira onde?” foi quando eu percebi que estávamos no meu bairro. Enfim, dei as coordenadas e ele me deixou na porta de casa, com um leve beijo no rosto e disse: “Bom descanso meu Anjo”.

Sem reação desci do carro e entrei em casa, com mil e um pensamentos… dentre eles: “Que porra foi que eu fiz de errado?”, “Será que ele foi criado por pássaros?”, “Será que fui dispensada como amostra de hidratante?” ou seja, pensei de um tudo que há nessa terra.

No dia seguinte e nas semanas seguintes (torno de um mês) esse ritual se repetiu, mas sem o uso do meu kit, algo me dizia que ele não seria utilizado mesmo. Apesar que rolava uns amassos  bem convidativos… Coisa mais gostosa do mundo, e eu pensava que ele ahazava na cama…minhaFoto (6)

 

Um belo dia, ele me chama pra sair (OHHHH Glória!!! ), eu já estava cansada desse “rodeio de toco infinito”, e disse que me pegaria por volta das 22hs, para “a melhor noite da minha vida“.

Minha ansiedade transbordava, mas consegui me arrumar dignamente, até uma lingerie toda sedutora (isso não é o meu forte…) eu consegui, vesti um dos melhores vestidos… Salto. Enfim, perfeita para minha noite perfeita.

No horário marcado ele chegou, desceu do carro, usou a campainha. Ele não estava aquilo tudo que todos os outros dias ele me mostrava, parecia que ele estava bêbado… Aquilo me deixou intrigada, mas não me impediu de entrar no carro.

Ele foi andando e parou no pior motel da cidade, no pior, pior… só mais uma vez…  o pior. A suíte Master Blaster é pior que o quarto do meu irmão, mas ele pediu ela… Ah, e lá é caro. E eu só pensava: “É o apocalipse chegando, é o fim do mundo, só pode”. Mas a sede de ter aquele ser era demais… respirei fundo, como quando se faz quando se vai mergulhar e fui.

Ao entrar no quarto, ele sem cerimônia alguma… arrancou os sapatos e já foi tirando a roupa, como que se tivesse em casa, sei lá, num presídio, enfim… aquele ser lindo e maravilhoso não estava ali, quem estava ali não pertencia aquele corpo. E eu fiquei catatônica.

Ele virou pra mim, com aquela neca murcha e disse: “Anjo, vou tomar um banho, acho que tô bêbado”. E foi pro banheiro, e não tinha porta… e não tinha como não ver a cena, dele sentado no trono, fazendo caras e bocas, e ainda puxava assunto… e eu não conseguia administrar isso na minha mente, não mesmo.cagar Daí tive a brilhante ideia de ligar a TV, e coloquei no volume máximo, mas mesmo assim eu ainda ouvia a voz dele, falando alguma coisa referente ao trabalho dele.

Então ele terminou o banho, se enrolou na toalha e me disse: “Uai, já não tá pelada não?!?” (“Pelada” é um termo tão tão tão construção civil, chulo).

E eu disse: “Não, não tem clima pra isso!!!

E ele: “Mas estamos num Motel.”

E eu: “Não consigo.

E ele: “Só que daqui não saio sem gozar

Daí ele ficou em pé, colocou uma das pernas pra cima, pegou naquele neca murcha e começou a tocar uma, na minha frente… e ficava falando: “Tem certeza que não quer?!?”, “Tá gostoso viu”.minhaFoto (3)

Dei aquela revirada básica de olhos e comecei a prestar atenção da TV, só que era uma missão impossível… Porque ele URRAVA como um animal, URRAVA e quando esse ser gozou, caramba… Que URRO foi aquele? O motel tremeu, não durou dois minutos, o que pra mim foi uma eternidade…

Me senti envergonhada, chateada e frustrada e claro, com muita vontade de rir, porque ele simplesmente se deitou na cama e fechou com chave de ouro: “Você não sabe o que perdeu”. Se deitou e foi dormir…minhaFoto (5)

E eu pedi um taxi.

minhaFoto

A ridícula santidade feminina

Dar ou não dar no primeiro encontro?

Esse questionamento ecoa na minha cabeça insistentemente, um porque eu não entendo mesmo o motivo disso me incomodar tanto, outro porque há essa “santidade feminina” pairando no ar.. como a campanha “eu escolhi esperar”. tumblr_l7ne2hNV7C1qbnm0to1_500_large

Pessoas que eu sei que vadiam mais que a própria vadiagem, pregando essa de não dar no primeiro, nem nos próximos encontros…

Aí uma conhecida sai com um cara Dárbaro algumas cinco vezes e não dá… Pensando que assim poderá brotar dali um relacionamento mais sério. A mesma criatura prega o lema de pagar tudo que consome, nível rachar o motel. Coerência manda um abraço.  Na boa, melhor você pagar integralmente o motel do que rachar… é muita humilhação…

                            1950-data

Não acho machismo de jeito nenhum o cara pagar a conta, é gentileza, ou às vezes uma questão cultural. Daí a criatura diz que se deixar ele pagar ela será “mercadoria” dele, putz… decerto baixou o app do Cielo no seu smartfone com capinha da Channel, tenha dó!

E se a oportunidade de dar só for essa?! E outra oportunidade só acontecer no próximo ano bissexto? E se eu der e ele me rotular com “essa não dá pra namorar”? São tantos questionamentos. 

Acho que em vez de olhar pelo lado de “essa não dá pra namorar”, acho que os homens deveriam olhar sob outra perspectiva…

 

Se a mulher deu no primeiro encontro, é porque ela se sentiu à vontade o bastante pra fazer isso, ou já saiu com essa intenção na cabeça, vai saber…  Porque, meu filho, quando a mulher não quer, não há santo que ajude… Aí reclama que a fulana se fez de fresca, que é sensível demais. Então, vocês deveriam pensar que, se teve uma química boa e se os dois se sentiram à vontade, por que não?

E eu me pergunto: Qual o melhor rótulo nesses casos?

A sensível (não deu) ou A que não dá pra namorar (deu horrores).

Prefiro não servir pra namorar e melhorar a minha pele.

minhaFoto (1)

E falando em humilhação, uns com tanto e outros com tão pouco (leia-se eu) … sem mais.  encontro 3

E agora?

minhaFoto(30)Todo mundo tem uma amiga que reclama o tempo todo, de tudo e de todos. Essa mesma amiga nunca gasta dinheiro, não compra roupas novas, muito menos sapatos, nem bijus. Raramente sai e quando sai é para permanecer no local por no máximo trinta minutos.

Do nada esse ser compra roupas novas, alega que é por ter emagrecido. Emagrecido?!? É bem verdade que ela emagreceu… Corta os cabelos.. Passa a usar até uma make mais marcante…Mulher-se-Maquiando…muda o perfume e apenas diz que isso tudo advém de um surto, um pesadelo que ela teve onde estava horrenda e blá blá blá e continua demonstrando um comportamento muito estranho. Ela está feliz!

Por mais que se esforce em puxar a língua dela, ela não diz mais nada além das alegações iniciais. Num belo momento você percebe que a última visualização no zapzap foi há mais de duas horas…

Chezuis, e agora? Morreu?

Não, não e não. Ela apenas está fornicando. Mas por que ela nunca mencionou esse ser, e mudou o comportamento?

Simplesmente porque ele é feio. Sim, homens feios transam, mas são “pantufas”… Por que “pantufa”?!? Porque é legal e confortável em casa, mas na rua é inadequado.minhaFoto(31)

Normalmente esses homens são seres maravilhosamente desenvoltos na cama, satisfazem profundamente a mais exigente das mulheres, fazem coisas na cama, no chão, na parede, no telhado que nem o mais elaborado dos filmes pornôs mostra. Deixam a gente de pernas bambas mesmo, leem as nossas mentes, decifram os sinais que nem nós sabemos que emitimos. E com isso, melhoramos o nosso humor!minhaFoto(29)

A maravilha acaba aí, fora isso eles não tem mais nada a oferecer, porque com o passar dos dias eles começam a demonstrar uma paixonite perturbadora, eles correm atrás de nós e começam a nos esperar na saída do nosso trabalho, descobrem o zapzap da nossa mãe e também da nossa tia-avó, que para essas pessoas ele é um óteeeemo partido, mas para nós se tornou o nosso personal perseguidor. Não é surpresa se “ganhar” uma daquelas mensagens ao vivo ao som de Elton John.minhaFoto(32)

Moral da história, pense bem antes de dar para um homem feio!


Detalhes da Vida

Momento Sandes Júnior*

minhaFoto (1)

Óóóóhhhhh!!! O Próprio pulo do gato.

minhaFoto (2)

Vida social nos leva a agir assim, sempre pensando no bem maior.

minhaFoto (4)

Shoray!!! Até ia sair com ele, mas fiquei com medo de machucar meu coraçãozinho… SQN

 

*Sandes Júnior o amigo da gente, é um radialista de uma rádio goiana, apresentador do programa “Detalhes da minha vida”, no qual as pessoas escrevem cartas contando as suas sofridas experiências.